domingo, 6 de setembro de 2009

AQUI JAZ UMA GERAÇÃO DE DEMENTES

Não irei estender-me demais no assunto por dois simples motivos: primeiro, porque já escrevi alguns artigos sobre este tema; segundo, o tema somente apresenta relevância para pessoas de boa índole e pudor. E acredito, que apenas 10% da população brasileira ainda conserve tais princípios.

Também serei resumido pois, se fosse enumerar todas as práticas malignas e depravadas que fazem parte do card dessa sociedade doente me faltaria tempo para tal coisa.

Desta vez o último escárnio contra a moral e a decência aconteceu nesta tarde de Sábado 05/09/09. Mais uma investida deste mundo doente em tornar homens, mulheres e crianças em párias de uma sociedade dominada pelo pecado e pela depravação total.

Uma propaganda de chinelos, que por precaução não irei citar o nome, pois pretendo enviar este desagravo para vários meios de comunicação, e com isso não quero incorrer num processo de danos morais por parte dessa poderosa indústria de sandálias. Na propaganda estão sentadas à mesa de um restaurante a avó e sua neta, e sua neta lhe mostra as sandálias e, a avó faz o comentário: “bonitinhas”. De repente, entra no restaurante um ator e, (pelo mesmo motivo não irei citar o nome) a avó fala para a sua neta: “você deveria arrumar um desse aí”. E sua neta responde: “mas deve ser muito complicado ser casada com um famoso”. E, a avó dispara: “quem disse que eu estou falando de casamento, eu estou falando de SEXO. Depois você diz que a atrasada sou eu”.

E para que não fiquem dúvidas em relação à depravação dessa empresa, qualquer pessoa que desejar poderá acessar o site das sandálias Havaianas www.havaianas.com.br/ e comprovar a diabólica frase "avó sempre dá ótimos conselhos".

Só mesmo uma avó diabólica e pervertida daria um conselho tão maldito desses para qualquer pessoa, ainda mais para a sua neta.

Pórem, que mais me indigna nisso tudo é que toda sociedade se diz vítima da violência, das drogas, da prostituição, da corrupção, do desrespeito aos pais, aos idosos, aos professores, as autoridades. Toda sociedade se diz perplexa com a falta de Amor ao próximo, da insensibilidade humana, da bestialidade do Homem. Porém, é essa mesma sociedade que alimenta uma mídia corrupta, suja, depravada, prostituida e drogada, que só privilegia a prostituição, a apologia as drogas, o desrespeito aos valores morais e espirituais da pessoa humana.

Todas as mídias, quer seja, escrita, falada, televisiva, se contituem no maior câncer da espécie humana. Pois, em sua grande maioria, escritores, autores, comentaristas, analistas, são pessoas sem termor a Deus, são pessoas movidas pelo curso deste mundo. Um mundo que caminha a passos largos e de maneira irrevogável para o caos total. Se é que já não se encontra!
Enquanto isso, todas as Verdades e Valores Absolutos ordenados por Deus são tratados como obsoletos, mau interpretados, fora de contextualização na pós-modernidade.

E assim, tudo o que Deus ordenou cede vez aos deleites do Homem: Homossexualismo, Adultério, Prostituição, Pornografia, Vícios, Violência, Ciúmes, Guerras, Assassinatos, Traições. Estes são os valores que regem o curso desse Mundo maligno.

E os meios de comunicação a pretexto de “apenas estarem retratando o dia-dia que vivemos”, cauterizam todos os dias a mente de milhões e milhões de miseráveis de espírito, através de suas “programações malignas”.

Mentira! Tudo isso é uma grande farsa!

O que ocorre é que os meios de comunicação são dirigidos por homens e mulheres desprezíveis, descendentes de uma geração anárquica-revolucionária dos anos 70, amantes da libertinagem, do sexo grupal e livre, das drogas. Utopias que tem em seu mote principal a corrupção dos valores morais e espirituais.

As mulheres passaram a ser vista como mero objeto de prazer algo desprezível, e sua promiscuidade sexual as desvirtuou para um bestial lesbianismo, os homens por sua vez tornaram-se insaciáveis, e sua devassidão sexual os conduziu a um bestial homossexualismo, e os jovens, estes tiveram a sua emancipação sexual da fase adulta para a infância. O que se constitui numa aberração em todos os sentidos.

A verdade é que somos “cobaias-mudas” de uma mídia enferma que privilegia a riqueza, a beleza, o narcisismo, a arrogância, a soberba, o mau-caratismo, o vício, e tudo que é detestável.
E, assim, a ideologia e a cultura do povo brasileiro (mundial) fica resumida a imagem de uma prostituta nua, rebolando um som tribal acompanhado de obscenidades que fazem apologia ao consumo e tráfico de drogas, a prostituição e, a violência.

E essa é a herança maldita que as gerações atuais e futuras carregarão sobre os ombros: A Ideologia do Homem Lixo.

Nenhum comentário: